BLOG

A HISTÓRIA DA SELMER

Introdução

Existem aqueles que tocam Saxofones. E existem aqueles que são apaixonados pelo instrumento.
Existe o cara que compra uma Ferrari, este, muito diferente de um “ferrarista”.
Eu toco sax. Mas sou apaixonado pelo instrumento. Respiro saxofone 24 horas por dia.
Na Europa, tem-se acesso a muito material.
Quando estive na Fabrica da Selmer em Paris, trouxe alguma coisa (informação, Material) que só encontrei la.
 


A História da SELMER


Leia mais ›

HENRI SELMER

Henri Selmer nasceu em uma família de músicos, e se você não sabe, ele se formou em música com especialização no Clarinete.

Fabricar Sax, ou tocar Sax, foi um golpe do destino, ou providência Divina.

Em 1885 entre apresentações e cachês, ele montou uma fabrica modesta e pequena, onde desejava fabricar clarinetes.

Só conseguiu engrenar a produção 13 anos depois (1898).

Veja que curiosíssimo.

Após a morte de Joseph Sax em 1894, seu filho Adolphe Edward Sax (o inventor do saxofone), resolveu vender a fabrica de saxofones que não ia nada bem.

Henri Selmer a comprou.

Selmer já produzia saxofones em sua fabrica, mas de maneira muito modesta, cerca de um ou dois exemplares no mês.

Embora produzidos pela Selmer, os saxofones tinham apenas um modelo, que se chamava „sax“.

A partir de 1922 foram lançados a Série "22", o que destacou o Saxofone produzido pela Selmer em todo o Mundo.


Os saxofones produzidos na Selmer, segundo conta a própria Selmer, alcançaram sempre um alto nível de acabamento e profissionalismo que foram tão grandes, que o Saxofones Selmer se tornavam cada vez mais queridos e desejados pelos músicos, sendo seus saxofones, cada vez mais comprados por outras fabricas para serem copiados.

„Kurios ist, dass das Mark VI, für das heute Höchstpreise erzielt werden, damals so erfolgreich
war, weil es eines der kostengünstigsten Instrumente war.
Jérôme Selmer.

“ É curioso o Mark VI, que atualmente tem um preço tão alto devido ao sucesso que teve,
mas em sua época, era um instrumento de preço Popular.”
Jérôme Selmer
.

 


Leia mais ›

VEJA OS MODELOS PRODUZIDOS PELA SELMER

• Protótipo chamado “Sax“
• Modelo 22
• Modelo 26
• Modelo 28
• Super Sax ( diferenciados pelas linhas “New Largebore”, “Cigar Cutter”, “Super”)
• Radio Improved
• Balanced Action
• Super Action
• Mark VI

• Mark VII
• Super Action 80 (Serie I/II/III)
• Reference 36/54

 

Aqui você vê a fabrica da Selmer. É um misto de imagens minhas e imagens da própria Selmer, pois dentro da fabrica não podemos filmar, claro.

Foi um sonho realizado. Encontrei o Jérôme Selmer, filho de Henri Selmer.

Um cara muito simples, humilde e interessado em pessoas. Foi muito bom poder falar com ele.



 


Leia mais ›

IMPORTANTÍSSIMO PARA NÃO SERMOS ENGANADOS VEJA O ANO E O NUMERO DE SERIE DOS SAXOFONES:

Modelo 22

Num. Ano
750 - 1922
1400 - 1923
2350 - 1924
3350 - 1925

Modelo 26

Num. Ano
4450 - 1926
10000 - 1929

Cigar Cutter (Super Sax)

Num. Ano
12000 1930
14000 1931
17000 1932
18000 1933

Radio Improved

Num. Ano
19000 1934
20000 1935

Balanced Action

Num. Ano
22000 1936
24000 1937
25000 1938
27000 1939
30000 1940
33000 1947

Super Balanced Action

Num. Ano
35000 1948
37000 1949
40000 1950
43000 1951
46000 1952
50000 1953
52000 1954

Mark VI

Num. Ano
57000 1955
62000 1956
66000 1957
71000 1958
76000 1959
81000 1960
90000 1961
94000 1962
103000 1963
110000 1964
120000 1965
129000 1966
137000 1967
149000 1968
160000 1969
171000 1970
182000 1971
192000 1972
204000 1973
218000 1974
231000 1975

Mark VII

Num. Ano
243000 1976
256000 1977
272000 1978
282000 1979
300000 1980
315000 1981

Super Action 80

Num. Ano
327000 1982
340000 1983
353000 1984
366000 1985
378000 1986

Super Action 80 II

Num. Ano
391000 1987
406000 1988
422000 1989
439000 1990
457000 1991
473000 1992


Leia mais ›

CURIOSIDADES SOBRE O MARK VI

Em 1902 Alexandre Selmer, irmão de Henri Selmer, mudou-se para os Estados Unidos para montar uma fabrica neste país.
Em 1918, não aguentando mais viver nos EUA, vendeu a firma para George Bundy, que já comercializava os CONNs e os Buescher.
Por isso, o saoxofone Mark VI foi finalizado tanto em Paris, como nos EUA.

 

Parte dos Mark VI eram fabricados na Selmer em Paris, mas mandados para serem envernizados e finalizados nos Estados Unidos. Isso, para evitar arranhões no transporte entre França e Paris.


Para distinguir os instrumentos, foi convencionado que os Mark VI “americanos” deveriam ter um lacke mais escuro, e por isso, tinham um aspecto final mais escuros que os produzidos em Paris.
Mais a frente, a Vincent Bach comprou o direito de fabricar cópias mais baratas dos instrumentos da Selmer, a esses saxes denominou-se “Selmer Omega“.
Em 1963 a Selmer comprou a Buescher Novamente.


 


Leia mais ›

CATEGORIAS

ARQUIVOS

© 2014 Lander Sax. Todos os direitos reservados. Professor Lander