BLOG

DICIONÁRIO DE PALHETAS

Atenção: Ao final desse texto (palhetas Rico La voz), clique em "posts Anteriores" para ter acesso as palhetas Vanoren, Legere etc...

Esse material foi elaborado com o intuito de descortinar os detalhes das palhetas mais conhecidas e usadas pelos Saxofonistas.
É para Você que está começando a tocar Saxofone e fica em dúvida quando o tema é:


O que essa palheta me Oferece? ...
ou ainda, por que esta é melhor que aquela? ...

Talvez esse tópico possa te ajudar um pouco.
Vamos lá então, se prepare para içar velas e navegar por esse tema tão interessante.


NOTA: As informações aqui contidas foram extraídas da nossa experiência pessoal, Sites Oficiais e etc.

Podemos dividir a palhetas de saxofone em dois tipos, as de Cana (madeira, bambu),
e as sintéticas (plástico, material aeroespacial, e só Deus sabe o que) ...


 


Leia mais ›

PALHETA FIBRACELL

A palheta Fibracell veio para revolucionar o mercado de palhetas.
Ela é uma palheta sintética (ou seja, não é de madeira), e possui um timbre muito próximo as palhetas de cana.
Tem um som quente, brilhante e estridente.
E quando comparada a palhetas de cana com igual característica, só um ouvido treinado percebe a diferença. Para um publico leigo, ... passa desapercebida.

Mesmo produzida com uma fibra artificial, ela mantém uma Sonoridade muito próxima das palhetas de cana, mas com melhor projeção de som.
Ela tem uma resposta muito rápida, o que garante uma articulação muito precisa – é fácil articular com ela.

Mas o diferencial das palhetas FIBRACELL é a economia que você vai fazer, pois a durabilidade é Incrível.
Chega-se a 1 ano com a mesma qualidade de som. Ela deveria chamar “Duracell” e não Fibracell rsss.

Esta durabilidade é aumentada devido a um filme aplicado na área plana da palheta que protege a ponta da mesma contra rachaduras.
Caso você sempre enxugá-la e guardá-la corretamente depois de tocar, terá palheta por muito tempo, às vezes até mais que um ano.

Acho que uma outra vantagem que escreveria, é que ela é uma palheta sem frescura, ... ela vem pronta, não precisa hidratar antes de tocar nem amaciar, ... é pegar e tocar.

O Milton Guedes, o Professor Ivan Meyer e muitos outros saxofonista usam essa palheta.

São produzidas a partir de Soft, médium soft, médium, Medium Hard, hard. A palheta Fibracell Premier, possui numero ao invés de nomes.
Mas na prática, não encontrei diferença no Som. (mais escuro, talvez.)

 


Palheta Fibracell


Leia mais ›

PALHETAS RICO

PLASTICOVER

foi minha primeira palheta (eu era criança ainda rsss), ... essa palheta foi desenvolvida para resistir às mudanças de temperatura e umidade.
Acho que nenhum palheta soa como ela, ... por isso, muitos amam, e outros detestam.
Ela é muito usada para se Gravar em estúdio por causa do seu som limpo.
É ideal para apresentações externas, como por exemplo, as de bandas, desfiles etc.

Por oferecer um timbre limpo, com grande projeção ela até hoje é a palheta favorita de músicos de jazz, pop e profissionais que vivem de gravações em estúdio.
A durabilidade dela, embora o site descreva outra coisa, na minha opinião é curta.

Alguns artistas que usam essa palheta : James Carter, Dave Koz, Billy Harper

:!: (O Milton Guedes até o ano 2000 usava ela. Na data desta postagem, ele tem tocado com a palheta Fibracell).
As palhetas Plasticover são produzidas do #1 ao #5


Palhetas Rico


Leia mais ›

FREDERICK L. HEMKE

É uma palheta tradicional.
Eu particularmente, gosto muito do som dela, e acredito que se não for a melhor, dentre as palhetas de Cana, no quesito Timbre está entre elas com certeza.

Ela proporciona timbres de qualidade, é indicada tanto para iniciantes como para músicos mais experientes.
As palhetas Frederick L. Hemke proporcionam o tom escuro preferido por muitos saxofonistas clássicos e jazzistas.
O design da palheta é feito especialmente para boquilhas tradicionais. Ela tem corte francês, para possibilitar a liberdade de resposta, principalmente em registros mais graves, somando claridade ao tom e tornando os ataques suaves mais fáceis. O Som dessa palheta tem um Colorido diferente que não consigo traduzir em palavras.
Vale à pena experimentar.

Esta é também uma palheta leve, daí não estranhe se precisar de meio pontinho a mais, daquilo que costuma usar.
As palhetas Frederick Hemke são produzidas do #1,5 ao #4 .

Resumo: Palheta com qualidade profissional para músicos clássicos e de jazz.
Ponta levemente mais fina, para resposta mais rápida e melhor articulação. Corte Francês.
Kenny G é um dos usuários famoso dessa palheta.
 


FREDERICK L. HEMKE


Leia mais ›

PALHETA RICO ROYAL

É um modelo digamos, utilitário, usada por muitos acadêmicos, possui o tradicional corte francês, som escuro com pouca projeção.
As palhetas Rico Royal são produzidas do #1 ao #5. Um mega saxofonista que usava essa palheta foi o Grover Washington Jr
 


Palheta RICO Royal


Leia mais ›

JAZZ SELECT

Tem um corte que proporciona uma palheta com declive mais alongado.
Com muita projeção de som consistente e limpo.
São usadas por saxofonistas que optam por boquilhas de som escuro, para assim, compensar a pouca projeção da boquilha.

Possuem ainda flexibilidade e resposta rápida sem igual.
Elas são ideais para quem pretende tirar um Jazz de qualidade do seu instrumento.

Alguns artistas que usam este produto são: Vitor Alcântara, Mauro Senise, James Moody, Chris Potter, Bob Sheppard e George Coleman.

As palhetas Rico Select Jazz são produzidas sob uma nomenclatura diferenciada: do #2S (Soft) ao #4H (Hard); assim 2S, 2M, 2H, 3S, 3M, 3H, 4S, 4M e 4H, onde o #2S corresponde aproximadamente a #1,75 da Rico Royal e seguintes.

 


Jazz Select


Leia mais ›

GRAND CONCERT

É uma palheta com som quente, mas não diria brilhante, embora você obtenha boa resposta do pianíssimo ao som forte.
Garante uma Alta projeção mas com o Timbre das palhetas tradicionais.

A linha Grand Concert Select apresenta maior concentração da cana no coração da palheta, oferecendo assim um som de qualidade, quente mas com estabilidade em todos os registros.

Seu corte revolucionário oferece flexibilidade sem igual, facilitando a articulação mais precisa.
As palhetas Grand Concert Select oferecem consistência e maior durabilidade quando comparada as demais palhetas de cana.
 


Grand Concert


Leia mais ›

RICO CAIXA LARANJA

Eu nao senti tanta diferença para a Rico da caixa azul. Talvez ela seja um pouco mais mole, e por isso tenha mais projeção. No mais acho que ela acaba muito, muito rápido.
 


Rico Caixa Laranja


Leia mais ›

PALHETA RICO RESERVE

Essa palheta é realmente especial. Ela é feita da parte inferior (do pé) da cana, ou seja, da parte mais densa.
É uma palheta dura por natureza, por isso nao indico para iniciantes.

Isso dá um Grande diferencial no Som dessa palheta. Um Som gordo.
É uma palheta mais luxuosa no trato, pois são embaladas com o Vitalizer TM para controle de umidade.

A Reserve é uma palheta muito mais densa que o normal, portanto prefira experimentar uma numeração mais leve a aquela que está habituado.

Eu aconselho para boquilhas fechadas n. 5 n. 6 - pois respondem dando uma projeção firme.

Ótimas por tanto para quem toca em Orquestra e usa boquilhas fechadas como as que vêm no sax.


As palhetas Rico Reserve são produzidas do #2 ao #4,5.

 


Palheta Rico Reserve


Leia mais ›

PALHETAS RICO LA VOZ

(essa também é uma das minhas preferidas, ao lado da Frederick Hemke.)
Essa palheta não é das mais leves. Embora possua uma Excelente projeção (e por isso também costuma ser usada por Saxofonistas que optam por boquilhas de som escuro, pois com ela se compensa a falta de projeção da Boquilha), não tem O som tão brilhante como as Vandoren Java por exemplo.

As La Voz são manufaturadas com matéria prima selecionada visando sempre o seu melhor desempenho, por isso é a preferida de muitos saxofonistas profissionais.

Sua forma de raspagem traduz-se num som profundo e poderoso, representando assim a voz dos saxofonistas por todo o mundo.

As palhetas La Voz são produzidas sob uma nomenclatura diferente da maioria das palhetas: assim, do Soft (representado pela letra S) ao Hard (representado pela letra H), passando pelo Medium Soft – MS, Meduim – M e o Medium Hard – MH.
 


Palhetas Rico La Voz


Leia mais ›

Posts anteriores ›

CATEGORIAS

ARQUIVOS

© 2014 Lander Sax. Todos os direitos reservados. Professor Lander